UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 8 de agosto de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

As ruas estão abertas para o nosso bloco passar!

Por Wanderson Pinheiro São Paulo Vai passar Nessa avenida um samba popular Cada paralelepípedo Da velha cidade Essa noite vai Se arrepiar… (Chico Buarque) Nos últimos três meses estivemos em nossas casas, mas...

O erro do discurso do “Eu avisei”

Matheus Costa Minas Gerais Com o acirramento das consequências da crise para a população pobre do país, devido as medidas de Jair Bolsonaro na contramão das...

500 dias de mentiras, desemprego e descaso com a saúde do povo

Em 500 dias de governo, Bolsonaro priorizou o lucro dos banqueiros, a impunidade dos filhos e seus amigos milicianos e a obediência canina ao presidente dos EUA, Donald Trump, enquanto o povo brasileiro sofre com o desemprego e o descaso na saúde. 

Nomeação de general para a Casa Civil aumenta militarização do governo Bolsonaro

A militarização da cúpula do governo é uma tendência altamente preocupante, principalmente porque indica a intenção dos militares de fechamento do regime e de restrição ainda maior das liberdades democráticas.

Presidente da UP: das jornadas de junho de 2013 à consolidação do golpe em 2018

Enganam-se aqueles que associam as jornadas de junho ao início do golpe de 2016. Ao contrário das manifestações da classe média e da grande burguesia que serviram para derrubar Dilma, as jornadas de junho se iniciam com as lutas contra o aumento das passagens em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, explodem e tornam-se gigantescas manifestações a partir da forte repressão feita pela Polícia Militar contra os que lutavam. A partir daí, as manifestações se estendem para todo o Brasil e se tornam um grande movimento espontâneo que contou com a participação de milhões de pessoas de diversas classes sociais.

Um mês após obtenção de registro eleitoral, Unidade Popular já evidencia sua importância para o Brasil e América Latina

Ao exato um mês desde a aprovação do registro eleitoral da Unidade Popular, comemoramos esta vitória da classe trabalhadora brasileira. Afinal, na atual conjuntura política do Brasil e da América Latina, é inegável a importância que tem o Partido de massas verdadeiramente popular e engajado na luta do povo pelo Poder Popular e pelo Socialismo.

Derrotar a Reforma da Previdência é possível e necessário!

Wanderson PinheiroUnidade Popular Pelo Socialismo BRASIL – A Reforma da Previdência foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, mas ainda há muito pela...

Novidades