TwitterFacebook

Tag Archives: JAV Edição 232

Unidade Popular lança candidaturas em Fortaleza

A 2ª Convenção Eleitoral da Unidade Popular no Ceará, realizada no último dia 5 de setembro, aprovou as candidaturas do partido para as próximas eleições municipais em Fortaleza. A UP é o mais novo partido registrado no Brasil e chega a essas eleições apresentando um programa socialista, contra o fascismo e pela derrubada do Governo Bolsonaro.…

Leia mais

Osvaldo Silva: “O Movimento Luta de Classes é uma ferramenta contra a exploração”

O Movimento Luta de Classes (MLC) avançou seu trabalho junto à classe trabalhadora da cidade com a garantia de eleição do companheiro Osvaldo Silva dos Santos para a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) dentro da fábrica de massas Menegon, onde ele trabalha há menos de um ano. A Cipa tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.…

Leia mais

Prefeituras abandonam bairros pobres

Heron Barroso, Fernando Alves e Rafael Freire RIO DE JANEIRO (RJ) – Por ser um país capitalista, o processo de urbanização do Brasil sempre caminhou junto com o aumento da pobreza. De fato, um número cada vez maior de moradores dos grandes centros urbanos não tem acesso aos empregos, nem aos bens e serviços essenciais…

Leia mais

Carta | “População trans: a luta por direitos e uma nova sociedade”

Estando à margem da sociedade, somos alvos do conservadorismo que direciona a raiva da população, resultado das injustiças sociais, como a alta do desemprego, com discursos que culpam a moralidade das pessoas pela crise do país, criando inimigos fictícios e nos separando enquanto classe trabalhadora, enfraquecendo e desviando a atenção dos reais culpados pelo sofrimento do povo. Por isso, defender os direitos LGBT+ é lutar pelo socialismo, pelo fim do desemprego e da vida miserável.…

Leia mais

O coveiro dos brasileiros e das nossas florestas

Verdade seja dita: no governo de Bolsonaro, 41 milhões de brasileiros querem trabalhar, mas não encontram emprego e a carne é tão cara que foi substituída pelo ovo. Também quatro em cada dez famílias brasileiras vivem com insuficiência alimentar, isto é, passam fome, constata o IBGE. Mesmo sabendo deste sofrimento do nosso povo, o amigo dos banqueiros e seus generais fascistas reduzem o valor do auxílio emergencial para R$300,00, valor que não compra nem uma cesta básica, e numa canetada exclui 5,7 milhões de desempregados do auxílio emergencial. Não bastasse, traidores da pátria que são, obedecem a todas as ordens dos EUA e da oligarquia financeira. Claro está, portanto, que ou Brasil se livra deste mal chamado Bolsonaro ou este mal continuará destruindo o Brasil.…

Leia mais

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações