UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 14 de abril de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Movimento estudantil pressiona e adia Enem

Após pressão do movimento estudantil, o Senado aprovou, no último dia 19/05, um projeto (agora em tramitação na Câmara dos Deputados) que adia o Exame Nacional do Ensino Médio em decorrência da pandemia do coronavírus. No dia seguinte (20/05), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação responsável pela realização da prova, divulgou nota oficial sobre o adiamento do exame por um prazo de 30 a 60 dias em relação ao que estava previsto nos editais.

O Rap é dedo na ferida e a voz do povo da periferia

Durante a década de 1970, começa a surgir nas ruas dos guetos nova-iorquinos, um movimento organizado por jovens influenciados pela cultura de festas com grandes sistemas de som (sound systems), que ocorriam desde a década de 1960 na Jamaica. Um dos percussores do movimento foi o imigrante jamaicano conhecido como Dj Kool Herc, que junto com outros imigrantes latinos e os negros do país, que sofriam com o racismo do sistema capitalista, consequência do passado escravocrata nos Estado Unidos, passaram a produzir o que ficaria conhecido como cultura hip-hop e tomaria proporções mundiais nas próximas décadas

A luta pela redução das mensalidades na pandemia

Diante da pandemia de Covid-19, diversas universidades particulares suspenderam as atividades presenciais acertadamente e adotaram um regime de aulas à distância (EaD). Apesar disso, essa suspensão não veio acompanhada da diminuição das mensalidades. Com isso, diversos estudantes militantes do Movimento Correnteza se organizaram e iniciaram a luta pela redução das mensalidades.

Governo quer privatizar universidades no Rio de Janeiro

No meio da pandemia de coronavírus, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), encaminhou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa que permite a privatização de vários setores da administração pública. No projeto está prevista a privatização da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Estadual da Zona Oeste (Uezo) e Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), além da Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae) e até da Fundação de Apoio à Infância (FAI), responsável por cuidar de crianças e adolescentes abandonados.

“Eles pelo lucro, nós pela vida”

As universidades públicas têm um papel fundamental na construção democrática da nossa sociedade. Não desempenham somente a função de ensinar a seus alunos, mas devem manter uma boa relação com a população ao seu redor, além de exercer uma permanente troca com a comunidade com seus projetos de extensão.

Adia Enem: campanha importantíssima

A defesa de adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2020 é uma pauta importante para todos aqueles que se interessam pela educação e acreditam que tal é a maior ferramenta na luta pela instauração de uma sociedade melhor. No dia 17 de abril, a juíza Marisa Claudia Gonçalves Cucio, da 12ª Vara Cível Federal de São Paulo, acatou os argumentos da Defensoria Pública da União (DPU) em ação civil pública, determinando que a União e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) adeque o calendário oficial do exame para as correntes necessidades dos avaliados frente à pandemia da Covid-19, além da extensão por mais 15 dias de prazo para a solicitação de isenção da taxa de inscrição.

Educação à distância, mensalidade presencial, condições desiguais

Mesmo nas aulas presenciais, os alunos já enfrentam uma educação ineficiente por diversas razões. Com as “aulas remotas” à distância, a insuficiência acadêmica, a falta de materiais e softwares torna o aprendizado ainda mais desigual.

Alunos da Universidade Mogi das Cruzes se mobilizam contra mensalidades abusivas

Os alunos estão tendo aulas à distância por conta da pandemia do Covid-19, mesmo que estejam pagando caro por um curso presencial.

Assassinatos no Brasil superam mortos na guerra do Iraque

De acordo com o Mapa da Violência, uma publicação conjunta da Unesco com o Ministério da Justiça, “nos últimos dez anos, o Brasil registrou 522 mil mortes, o que equivale a cinco guerras no Iraque”. Embora a polícia em si não seja a única força letal contra a juventude negra, ela é certamente uma das mais incisivas.

Congresso Nacional e governo Bolsonaro aprovam a retirada de R$19,8 bilhões da educação

2020: Lei Orçamentária Anual (LOA) coloca um alerta máximo as(os) estudantes, técnicos e professores para a garantia do direito à Educação pública, gratuita e de qualidade.

É preciso defender o Fundeb permanente

A luta em defesa do FUNDEB permanente e pela educação pública, gratuita e de qualidade é uma tarefa dos estudantes, profissionais da educação e todos(as) que acreditam na educação como agente transformador.

Novidades