TwitterFacebook

UJR realiza plenária para debater o uso de drogas na juventude

ALIENAÇÃO – Drogas lícitas e ilícitas alienam a juventude e a classe trabalhadora e dificultam a luta pela revolução. (Foto: Reprodução)

“Também foi colocada a questão das drogas serem mais acessíveis para os jovens na periferia, uma forma de manter alienada a parcela da juventude que mais tem motivos para se rebelar.”
Gabrielly Nascimento e Giovanna Dias

SÃO PAULO (SP) – Com base na matéria “Lutar para ser realmente livre”, do Jornal A Verdade, a União da Juventude Rebelião realizou uma plenária online de nome “Café com a Juventude” para discutir o uso de drogas na juventude. A plenária contou com a leitura da matéria e discussão, com a presença do autor, Queops Damasceno, que ajudou trazendo mais elementos sobre como as drogas afetam a juventude e servem para a manutenção do sistema capitalista.

Com a leitura ficou clara a forma como as drogas são uma ferramenta de alienação para a juventude: drogas lícitas ou ilícitas afetam não só a vida da pessoa, mas também seu desempenho dentro da organização e as pessoas à sua volta. As drogas são muito prejudiciais à saúde mental e física, levando muitas vezes consequências para o ambiente familiar, escolar, profissional e dentro da própria militância. 

Ao longo do debate, os participantes contaram de suas experiências com o álcool, cigarro e demais entorpecentes, que no geral foram apresentados ainda na escola. Também foi colocada a questão das drogas serem mais acessíveis para os jovens na periferia, uma forma de manter alienada a parcela da juventude que mais tem motivos para se rebelar. Fato é que o sistema capitalista lucra muito com a venda das drogas, tanto lícitas como ilícitas, e utiliza a indústria do entretenimento para normalizar que adolescentes e pré-adolescentes bebam ou fumem. 

Outro ponto importante apontado foi a criminalização das organizações revolucionárias com a infiltração das drogas, como aconteceu com o partido Panteras Negras nos Estados Unidos. 

O evento contou com a participação de militantes e aspirantes de várias regiões do país e garantiu uma discussão muito importante. Superar os vícios da velha sociedade é uma tarefa revolucionária, sendo necessário travar essa luta política com nós mesmos e com nossos camaradas sempre que possível.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: