TwitterFacebook

Movimento de Luta nos Bairros realiza ação solidária para famílias pobres

SÓ O POVO SALVA O POVO – As brigadas de solidariedade têm sido uma alternativa de diversas famílias abandonadas pelo estado de Bolsonaro. (Foto: Jornal A Verdade)

Redação Ceará
Jornal A Verdade

FORTALEZA (CE) – O Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), no Estado do Ceará, está realizando a Rede Solidária do MLB, uma iniciativa popular para arrecadar recursos financeiros, materiais de limpeza e higiene para famílias que vivem em bairros pobres, que são o grupo mais vulnerável durante o isolamento social devido à pandemia de Covid-19.

O Ceará é o terceiro estado do país com maior número de casos confirmados de coronavírus, com mais de 400 óbitos, conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Fortaleza concentra a maioria dos registros, com 3.193 casos e 183 óbitos. O coronavírus já alcança 104 cidades cearenses e a rede pública de saúde já está com 100% dos seus leitos de UTIs lotados. 

Segundo estudiosos da área da saúde, a contaminação atinge, principalmente, as camadas da população mais pobre, que também são as maiores vítimas desta pandemia. Milhões de trabalhadores sub-remunerados vivem de atividades econômicas informais, muitas são trabalhadoras domésticas, diaristas e desempregados, que estão em situação de risco de vida devido suas precárias condições sociais, que se agravaram muito nesta situação.

É o caso de Gislaine Monique Barros, 18 anos, mãe de dois filhos, moradora do bairro Jardim das Oliveiras, que trabalhava há três meses numa lanchonete de açaí sem carteira assinada. Hoje vive apenas com o Bolsa Família e de doações. A família se cadastrou para receber o auxílio emergencial do governo federal, mas ainda está em situação de análise, assim como milhares de brasileiros. O marido, de 19 anos, nunca conseguiu emprego fixo, só consegue bico como servente ou ajudante de ferreiro. Iniciaria, em março, o trabalho numa galeteria, mas, com a pandemia, perdeu esta oportunidade.

A Rede Solidária é realizada nas cidades de Fortaleza, Caucaia e Juazeiro do Norte, na região do Cariri, e conta com apoio de diversos movimentos sociais e populares, sindicatos e pessoas que individualmente se somam nessa corrente. Na capital, o movimento tem atuado em 12 bairros das periferias, levando cestas básicas, produtos de higiene pessoal, mas também, afeto e solidariedade como forma de atenuar o profundo sofrimento que parte dessa população mais humilde vem atravessando. Além disso, a comunidade indígena de Capuã, na cidade de Caucaia, e os bairros Tiradentes e Frei Damião, em Juazeiro do Norte, estão recebendo doações neste período.

Francisca Lima, 48 anos, moradora do bairro Pan Americano, vive de aluguel com a filha, ambas desempregadas. Antes ela trabalhava com vendas, contudo, com fechamento do comércio, não teve mais como tirar o sustento da casa. “Fiz o cadastro para receber o auxílio emergencial do governo federal, mas, até agora, nada. Estou vivendo de ajuda, como essa cesta básica que recebi graças ao MLB. A vida está muito difícil”. 

Até hoje, foram mais de 250 famílias visitadas que receberam kit de higiene e cestas básicas. O MLB chegou a bairros que antes não tinha trabalho de base, levando ajuda e conscientização para essas famílias. Durante as visitas, militantes aproveitam para realizar brigadas do jornal A Verdade com a finalidade de também fortalecer a imprensa popular que está ao lado dos pobres. A campanha continua. A maioria dessas pessoas está sem condições de comprar alimentos para casa, materiais de limpeza e produtos de higiene que são de extrema importância no combate ao vírus.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações