TwitterFacebook

Mais-Valia e a Exploração Capitalista: Programa de Formação na Quarentena

GREVE POR SALÁRIOS – As greves de trabalhadores e trabalhadoras tem papel fundamental de romper com a lógica criminosa que os capitalistas promovem à classe operária através do processo de Mais-valia. (Foto: Rafael Freire/Jornal A Verdade)

Redação Piauí e Heron Barroso
Jornal A Verdade

A programação de formação na quarentena do Jornal A Verdade debate nessa semana o que é considerada a “pedra de toque da doutrina econômica de Marx”, a teoria da mais-valia.

Como sabemos, o valor da força de trabalho (expresso em dinheiro pelo salário) e o valor por ela criado durante a produção são duas grandezas distintas. Essa diferença (a mais-valia) é a base da exploração da classe trabalhadora no sistema capitalista, ao mesmo tempo que explica a origem da riqueza da burguesia e da miséria dos trabalhadores.

Segundo Marx, a mais-valia é o valor criado pelo trabalho do operário assalariado acima do valor de sua força de trabalho e do qual o patrão se apropria gratuitamente; ela é o objetivo central da produção capitalista.

A luta por volumes cada vez maiores de mais-valia gera uma brutal concorrência entre os capitalistas, levando, por um lado, à ampliação incessante da produção e ao desenvolvimento de novas tecnologias e métodos de trabalho, enquanto por outro lado aumenta a exploração da classe trabalhadora, aprofunda a contradição entre capital e trabalho e gera as bases das crises periódicas de superprodução.

Ao revelar pela primeira vez a essência da riqueza capitalista, Marx deu um golpe mortal nas teses defendidas pelos economistas burgueses sobre uma pretensa harmonia de interesses entre burgueses e proletários e forneceu à classe operária uma poderosa arma ideológica que ainda hoje é fundamental na luta pelo fim da exploração capitalista e pela construção de um novo modo de produção, baseado na colaboração fraterna entre todos os seres humanos, o socialismo.

Selecionamos trechos de importantes obras científicas de Karl Marx e Friedrich Engels, como também um breve esboço biográfico seguido de uma exposição do marxismo feita por Vladimir Lênin, principal líder da revolução bolchevique na Rússia. Adicionamos também o artigo de Luiz Falcão, redator chefe do Jornal A Verdade e membro do Comitê Central do Partido Comunista Revolucionário (PCR). Todos os textos possibilitam o leitor a compreender com mais profundidade como ocorre a exploração capitalista.

1. Karl Marx – O Capital: Crítica da Economia Política (Capítulos 4 e 5);

2. Karl Marx – Salário, Preço e Lucro (Capítulos 11 ao 14);

3. Friedrich Engels – Anti-Dühring: Capital e Mais-Valia (Capítulos 7 e 8)

4. Vladimir Lênin – A Doutrina Econômica de Marx;

5. Luiz Falcão – A Luta por Melhores Salários e a Revolução.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações