TwitterFacebook

Agora é “nós por nós”

CANDIDATURAS DO POVO – Hector Belém, Thays Dias e Vitória de Oliveira representam a Unidade Popular em Teresina (PI). (Foto: Reprodução/Jornal A Verdade)

Coordenação Estadual da União da Juventude Rebelião (UJR)
Jornal A Verdade

TERESINA (PI) – Hector Belém, Vitória Oliveira e Thays Dias, trazem na sua trajetória de vida as histórias da maior parcela de jovens da sociedade. Com todos os desafios enfrentados no cotidiano complexo e frenético das jovens mulheres, da juventude negra, da população LGBT+, juventude que precisa trabalhar, estudar e ter acesso à cidade. Demandas essas que são invisibilizadas por não terem representação nas esferas de decisão da cidade.

São três jovens que juntos participaram ativamente das principais manifestações para transformar a realidade de Teresina nos últimos anos: Vitória Oliveira, que participou das lutas pela melhoria do ensino básico, na estrutura das escolas, qualidade da merenda e do transporte escolar, contra os cortes na educação e em defesa dos IFs, em defesa das mães estudantes e contra o assédio; Thays Dias, que, desde criança, mora em ocupação urbana e participa das lutas do bairro por direito a saneamento básico, acesso à educação e saúde, contra as altas tarifas e a péssima qualidade do transporte coletivo da cidade; Hector Belém, que participou de importantíssimas lutas pela melhoria do ensino superior e pelo acesso à universidade pública, por uma ampla e permanente política de assistência estudantil, contra os cortes da educação e a privatização das universidades.

Essa é a cara da juventude que luta para abrir os caminhos da representação jovem no terreno ainda dominado pela velha política de gabinete e do toma-lá-dá-cá. Com coragem e muita ousadia, constroem uma política diferente, a política de rua que movimenta o povo e o coloca na direção da construção de um futuro diferente, um futuro em que os trabalhadores e trabalhadoras de Teresina sejam respeitados, um futuro com emprego para a juventude e que ofereça formação, educação, saúde e lazer. Um futuro onde os indivíduos sejam respeitados, independentemente de gênero, raça, orientação sexual.

É com essa energia e vontade que a Unidade Popular encara o papel da juventude na transformação da sociedade e é apenas ousando que a juventude conseguirá ocupar os espaços de decisão e lançar, assim, as bases para uma sociedade mais justa. O nome da candidatura é “Nós por nós”, pois é hora de dar um basta nas promessas vazias de que os que estão do lado de lá farão pelos que estão do lado de cá. Essa candidatura tem um lado e é o lado do povo, a única saída é levar o povo ao poder!

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações