UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Servidores de São Pedro da Aldeia (RJ) se mobilizam contra cortes de direitos

Servidores públicos se mobilizam na cidade de 100 mil habitantes da Região dos Lagos. Foto: Jornal A Verdade

Chantal Campello, São Pedro da Aldeia/RJ

TRABALHADOR UNIDO – Funcionários públicos de São Pedro da Aldeia, no interior do Rio, ocuparam as ruas no dia da greve geral contra a reforma administrativa. A mobilização se deu contra a retirada de direitos pelo prefeito Fábio do Pastel (PODE). A prefeitura cortou o pagamento em dinheiro do vale transporte e a substituição por um vale ligado diretamente ao monopólio privado de ônibus da cidade.

Uma servidora da saúde, que preferiu não se identificar, alega que essa decisão foi “arbitrária e antipopular”, já que Fábio do Pastel sequer consultou a opinião dos trabalhadores.

O prefeito recebeu o dono da Salineira, empresa que detém o monopólio do transporte publico em toda Região dos Lagos, após a empresa ameaçar sair da cidade. Para se submeter às ameaças dos ricos, a prefeitura atacou o direito dos servidores que recebem o vale transporte em dinheiro.

Essa decisão não foi comunicada a nenhum servidor, os efetivos apenas perceberam em seu contra cheque a falta do dinheiro e após isso a prefeitura disponibilizou um documento para recebimento do cartão da Salineira.

“Moro em outro município e não tem linha da empresa, como chego na cidade? Montada no jegue?”, afirma uma servidora que mora em Rio das Ostras, município a cerca de 40 km de distância de São Pedro da Aldeia.

Em 2020, o prefeito foi eleito com o discurso de que ouviria a população. Hoje mostra que conversa apenas com os empresários.

 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes