TwitterFacebook

Famílias se reúnem com prefeito de Diadema pela garantia de 150 casas conquistadas

Foto: Movimento de Luta dos Bairros, Vilas e Favelas

Coordenaçao MLB – SP


DIADEMA – Em agosto, mais de 150 famílias organizadas pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) construíram a Ocupação Devanir José de Carvalho, em um terreno abandonado há muitos anos no bairro Serraria em Diadema, denunciando a carestia de vida promovida pelo Governo Genocida de Jair Bolsonaro e reivindicando moradia digna e um território livre da fome em um país que voltou a entrar no mapa da fome mundial e onde mais de 8 milhões de família não tem onde morar. A Ocupação, além de garantir um teto para as famílias, organizou ainda uma cozinha coletiva com refeições diárias e uma creche  para as crianças, reunindo doações e apoiadores de todo o estado.

Fruto da luta, no dia 29 de agosto as famílias firmaram um acordo com a Prefeitura de Diadema e desocuparam o terreno mediante conquistas históricas na cidade: 150 moradias populares, com entrega prevista para 2022; o compromisso da desapropriação de um terreno de 10 mil m² que já foi prometido ao MLB há mais de dez anos; aprovação de auxílio financeiro que será destinado para os sete movimentos sociais e projetos de habitação popular; e o pagamento de bolsa aluguel às famílias que mais precisam por pelo menos três meses, prazo de aprovação do auxilio financeiro. Desde então, o MLB segue organizando as famílias da Ocupação e realizando assembleias, reuniões e participando de fóruns de habitação da cidade e reuniões regulares com a SEHAB, a fim de acompanhar o cumprimento do acordo e pressionar para que as casas sejam entregues o mais rápido possível.

Como parte dessa agenda de luta, o Movimento se reuniu com a Prefeitura neste sábado com objetivo de entender os avanços da negociação e em especial encaminhar a desapropriação do terreno de 10 mil m², onde serão construídas as casas populares, que requer o parcelamento do valor do processo em juízo e o pedido imediato de reintegração de um estacionamento que funciona hoje de forma irregular no espaço. A reunião, que contou com a presença de mais de 200 famílias do MLB, apoiadores como o mandato do Vereador Neno e do Deputado Federal Alencar Santana, uma comissão do atual governo formada pelo Secretário da Habitação, Secretário de Governo, a Vice Prefeita e o Prefeito José de Filippi Jr, reafirmou a postura combativa do movimento ao longo de toda a sua história em Diadema, reconhecendo inclusive que a Ocupação Devanir José de Carvalho cumpriu um importante papel político na cidade.

 

Após as falas da coordenação do MLB, o prefeito Filippi encaminhou os compromissos com as famílias, reafirmando todos os acordos estabelecidos e se comprometendo em dar andamento ao processo de desapropriação do terreno junto à justiça  ainda no ano de 2021. O Prefeito reforçou  que a luta das famílias acelerou a aprovação da lei orçamentária de mais de 60 milhões de reais para pasta de  habitação do próximo ano, sendo que deste valor, 10 mil reais serão destinado para cada família do MLB para subsidiar a construção das casas, contemplando também os demais 7 movimentos da cidade. Ficou ainda indicação de duas próximas reuniões com as familias da Ocupação, uma para o dia 09 de novembro com intuito de formalizar a desapropriação do terreno e outra dia 09 de dezembro, essa já no terreno de posse do movimento para encaminhar a construção das 150 casas.

“Nós fizemos a Ocupação Devanir por não aguentamos mais a fome, o alto custo de vida e preço abusivo dos aluguéis. Ocupamos aquele terreno pois já não tínhamos mais como garantir um teto para as nossas crianças. Nós temos que lutar, é a nossa única saída e é muito importante a gente saber que nessa situação que estamos, embaixo desse governo do Bolsonaro que representa a nossa morte, a luta de cada família que estava ali conquistou casa, 150 casas! Isso é muito bonito de ver e mostra pro nosso povo que podemos ter esperança, que quem luta conquista e de que a vitória será nosso! Que o povo pode conquistar casa e pode ser poder”, disse Kátia Paz, moradora da Ocupação Devanir José de Carvalho.


Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
block-editor
enclosure:
https://averdade.org.br/novo/wp-content/uploads/2021/10/0e86acb7-whatsapp-video-2021-10-09-at-11.24.14-1.mp4 2321407 video/mp4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: