UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 25 de maio de 2022

MLB realiza sua 23ª ocupação durante a pandemia no Brasil

LUTA POPULAR – Na madrugada de hoje (20), nasceu em Vitória da Conquista a Ocupação Manoel Lisboa de Moura.

Bianca Plessym e Erick Silveira, Vitória da Conquista-BA.  

Nasce, na madrugada da última quarta-feira (20), a Ocupação Manoel Lisboa de Moura, com cerca de 60 famílias organizadas pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), num terreno delimitado na área da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) que se encontra improdutiva desde o ano de 1987.

(…)

LUTA POPULAR – Moradores da Ocupação Manoel Lisboa ocupam espaço que estava sem função social desde 1987.

A Ocupação Manoel Lisboa de Moura é uma homenagem ao herói do povo brasileiro e fundador do Partido Comunista Revolucionário, que deu sua vida na luta pela liberdade e pelo Socialismo.

Manoel Lisboa foi sequestrado no dia 16 de agosto, em Recife, e torturado até a morte no DOI-Codi do 4° Exército, localizado na Praça 13 de maio da capital pernambucana. Seu corpo foi levado para São Paulo e enterrado de maneira criminosa e clandestina, como desconhecido, no cemitério do Campo Grande em São Paulo. A versão oficial do regime sobre a morte do dirigente comunista é de que esta se deu em um tiroteio na Vila Moema, São Paulo, no qual também teria morrido Emmanuel Bezerra, seu companheiro de partido (Jornal A Verdade, 28 de Julho de 2021).

Manoel e Emmanuel morreram, mas deixaram um legado imortal e as ocupações são um exemplo disso. A luta pela terra é histórica, o MLB tem como principal bandeira a reforma urbana e a defesa do poder popular e socialismo. Entendemos que no capitalismo a moradia sempre foi e será precarizada em prol da especulação imobiliária e o lucro capitalista. As famílias sem-teto há 22 anos se organizam contra esse sistema de exploração e a ocupação Manoel Lisboa de Moura é a 6º ocupação a nascer no Estado da Bahia. Enquanto morar for um privilégio, ocupar é um direito!

LUTA POPULAR – Famílias sem-teto deslocam-se a caminho da Ocupação Manoel Lisboa de Moura.

Déficit habitacional em Vitória da Conquista

Segundo levantamento realizado no ano de 2021 pela Secretaria de Desenvolvimento Social do município, o déficit habitacional ultrapassa as 10 mil unidades.
Não obstante, a atual gestão tem realizado uma operação de guerra contra ocupações no município, onde as famílias do Acampamento Terra Nobre, há pouco mais de um mês foram violentamente despejadas, resultado da política de colaboração entre a prefeita Sheila Lemos e construtoras privadas, na tentativa de transformar a cidade num grande condomínio, jogando o povo em completa desgraça.

Nilton, mais conhecido como Cowboy, sofreu com o despejo do antigo acampamento. Assim como as outras 80 famílias que ocupavam o terreno teve seu barraco, sua horta e cercado derrubado por tratores, sem aviso prévio e indenização. “Foi um ato desumano e sem pudor nenhum, passando por cima de tudo e de todos. Destruindo tudo que tinha plantado, todas as plantações, todas as roças e todas as hortas.”

E por isso, o MLB tem diariamente reafirmado sua posição na luta contra a opressão, pela justa causa da moradia digna e pelo Socialismo!

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes