UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 2 de março de 2024

Tarcísio emite ordem de despejo aos estudantes do alojamento do Conservatório de Tatuí

Leia também

No dia 27 de outubro de 2023, moradores do alojamento estudantil do Conservatório de Tatuí foram surpreendidos com um e-mail anunciando a liberação de um auxílio-moradia e o fechamento do alojamento.

Karen Diniz* | Tatuí


EDUCAÇÃO – O comunicado foi liberado no fim da noite, que, para além de ser um horário não convencional, foi comunicado em tom de boa notícia a fim de manipular as informações e desarticular os moradores.

Os responsáveis por essa decisão foram o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), a Secretaria de Cultura e a Organização Social Sustenidos, em comum acordo com o professor Miguel Lopes Cardoso Jr. (MDB), prefeito da cidade de Tatuí.

O que é o alojamento?

O Alojamento do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí é a terceira unidade da instituição na cidade de Tatuí. No local residem em média 200 alunos. Estes residentes são de diversos estados do Brasil e de fora do país, incluindo Peru, Argentina, França e outras localidades.

A realidade de muitos estudantes no alojamento é de migração de lugares longínquos em busca de formação na melhor instituição musical da América Latina. A maioria dos alunos estudam para ingressar no mercado de trabalho com melhor qualificação profissional, podendo trabalhar com cultura e arte de forma digna.

O alojamento estudantil serve como uma política pública que, além de dar suporte aos alunos que não teriam a possibilidade de alugar um imóvel, também contribui para o renome do Conservatório possibilitando o desenvolvimento das condições de aprendizado da instituição. O local contém sala de piano, sala de informática, cozinha comunitária, geladeiras comunitárias e lavanderia.

Anúncio de auxílio como substituição da moradia estudantil

Em contrapartida ao fechamento do alojamento foi anunciado um auxílio de R$ 450,00 mensais para os estudantes formarem repúblicas. O valor foi determinando como suficiente com a alegação de que foi realizada uma “pesquisa aprofundada”. Apesar disso, em reunião com os alunos no dia 31 de outubro, os representantes da Secretaria de Cultura e Sustenidos confirmaram terem feito um estudo informal baseado em sites de imobiliárias, demonstrando o descaso com a vida e formação dos estudantes e desconhecimento da realidade dos mesmos e da própria cidade.

Na mesma reunião, os estudantes questionaram sobre como seriam custeados os valores para caução e o primeiro aluguel, como é exigido pela maioria das imobiliárias, com um auxílio de R$450,00 e não obtiveram nenhuma resposta ou proposta; questionaram como conseguiriam móveis e eletrodomésticos com este auxílio e, igualmente, não obtiveram respostas; questionaram como estudantes de instrumentos que necessitam de prática constante estudariam o dia todo como fazem no alojamento, próximo aos moradores da cidade que não tolerariam o barulho, mas não obtiveram respostas.

Foi questionado também o que seria feito como terreno do alojamento e a única resposta do secretário de cultura foi que haveria uma desafetação do local, isto é, transformar um bem público em algo sem finalidade específica, em termos concretos, abandoná-lo.

Por fim, houve o questionamento se foi pensado em uma alternativa ao invés do despejo dos estudantes e a resposta foi: “não”. Além de tudo, não foi sequer garantido que todos os moradores do alojamento seriam contemplados com o auxílio-moradia.

Não ao fechamento do Alojamento!

Os alunos do Conservatório de Tatuí opõem-se ao fechamento do alojamento e resistem a ordem de despejo que só busca precarizar e inviabilizar a permanência estudantil dos alunos de lugares distantes e em maior vulnerabilidade social: aumentando a evasão escolar e aprofundando o projeto de desmonte do Conservatório.

Sendo assim, repudiam as medidas do Governo Tarcísio, da Secretaria de Cultura e da OS Sustenidos.
A luta em defesa da arte e da educação continua! Ela irá enviar o recado para este governo fascista do Tarcísio que não devem mexer com os estudantes.

Junte-se a esta luta denunciando este governo e apoiando os estudantes.

Sigam a página no instagram @desalojadosconserva.

*estudante do Conservatório de Tatuí

More articles

3 COMENTÁRIOS

  1. Todo meu apoio à manutenção do Alojamento para os alunos do Conservatório de Tatui, um bem cultural de máxima importância!

  2. Seria melhor despejar o Tarciso do Palácio.
    Tal mestre, tal afilhado. Não quer a cultura. A ignorância rende mais votos e grana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos artigos