UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 23 de abril de 2024

UJR realiza Escola Nacional de Formação de Quadros

UJR realiza 1ª edição da sua Escola de Formação para avançar na formação político-ideológica da militância. Foram três turmas regionais, reunidas durante cinco dias.

Igor Barradas | RIO DE JANEIRO (RJ)


JUVENTUDE – Entre os dias 31 de janeiro e 04 de fevereiro, a União da Juventude Rebelião (UJR) realizou a 1ª edição da Escola Nacional de Formação de Quadros, que reuniu os principais militantes da organização para discutirem e elevarem o seu nível teórico e ideológico através do estudo da teoria marxista-leninista e do Programa do Partido.

A Escola da UJR reuniu companheiros e companheiras de 23 estados e do Distrito Federal. As aulas foram divididas em três turmas separadas por regiões (Norte/Centro Oeste, Sul/Sudeste e Nordeste) e concentraram o estudo na leitura do livro “Fundamentos do Leninismo”, de Stálin, em artigos de Lênin sobre o Estado e o papel do jornal na construção do Partido, além do documento de autossustentação do PCR. As três turmas foram batizadas em homenagem à companheira Sarah Domingues, militante da UJR assassinada covardemente no último dia 23 de janeiro, em Porto Alegre.

Estudar e lutar, lutar e estudar

Turma Nordeste

A construção da Escola Nacional de Quadros da UJR, como ação sistemática e permanente, é uma iniciativa de grande importância para a história dos comunistas brasileiros por permitir aprofundar e agilizar a formação política e ideológica de novos quadros revolucionários.

Estudar as ideias de Marx, Engels, Lênin e Stálin é a melhor, mais eficaz e segura maneira de assimilar os nossos princípios e elevar o nível político e teórico. O marxismo-leninismo é uma concepção científica do desenvolvimento social, a ciência da libertação da classe trabalhadora e do povo, da vitória do socialismo e do comunismo. Seu estudo auxilia a militância a tomar a teoria como uma arma ideológica para transformar o nosso pensamento, para elevar a nossa compreensão, para avançar a ação.

Lênin, maior revolucionário do século 20, falando sobre a questão das tarefas da juventude, dizia que as tarefas poderiam exprimir-se com uma só palavra: aprender. “Juntamente com a transformação da velha sociedade capitalista, o ensino, a educação e a formação das novas gerações, que criarão a sociedade comunista, não podem ser os antigos. Só transformando radicalmente o ensino, a organização e a educação da juventude conseguiremos que os esforços da jovem geração tenham como resultado a criação de uma sociedade que não se pareça com a antiga, isto é, da sociedade comunista”, dizia.

Segundo Katherine Oliveira, da Coordenação Nacional da UJR, “a Escola é fundamental para apoiar o desenvolvimento de nossa militância. Foram cinco dias de intenso aprendizado para os dirigentes da UJR de todo o Brasil. Com certeza, saímos renovados dessa escola para enfrentar os intensos desafios de 2024”, afirmou.

Turma Norte/Centro-Oeste

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes