UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 18 de maio de 2024

Curso de formação da UJR reúne jovens para debater marxismo no RN

Curso de formação realizado pela União da Juventude Rebelião no RN estudou o livro Fundamentos do Leninismo, de Josef Stálin.

Adriane Nunes | Natal


JUVENTUDE – A defesa e a agitação do marxismo-leninismo como a teoria da revolução e do poder popular no Brasil e em todo mundo é uma tarefa de prioridade máxima da União da Juventude Rebelião em todo o país, pois, quando se fala de organizar a rebeldia, é preciso ter uma teoria para guiá-la de modo consequente.

Dessa forma, no dia 10 de abril, a UJR realizou um curso de introdução ao marxismo na cidade de Natal, RN. “A nossa militância é muito aguerrida e tem muita disposição para tocar as lutas, contudo, ela precisa intervir na realidade revolucionariamente, aplicando os princípios do socialismo científico para formar um tipo militante que pense criticamente o mundo a sua volta”, defende Iuna Brasil, da Coordenação Estadual da UJR.

O livro utilizado como base para a aula foi Fundamentos do Leninismo, de Josef Stálin. A aula aprofundou-se nos princípios de organização partidária, o método e a prática das organizações comunistas e o combate ao revisionismo e economicismo no cumprimento das tarefas cotidianas. Como diz o próprio Stalin, o ímpeto bolchevique precisa temperar o espírito da nossa militância, porém, sem um sacrifício consciente e abnegado, promovido pelo aprofundamento do marxismo, torna-se inviável.

Ana Beatriz de Sá, militante do Correnteza e da UJR, avalia que é preciso “promover mais atividades de formação para preparar uma militância combativa, fortalecida ideologicamente e abnegada, que cumpra sem vacilações a tarefa histórica da revolução em nosso país. A conjuntura cada vez mais se acirra, e precisamos intensificar e potencializar nossa formação”. 

Nessa perspectiva, a União da Juventude Rebelião, a geração futura do Karl Marx, Engels, Che Guevara, Josef Stálin, Lenin, Manoel Lisboa, Emmanuel Bezerra e tantos outros revolucionários convoca o conjunto dos jovens do Rio Grande do Norte e todo país a estudarem a teoria da revolução e lutarem pelo fim da miséria e da exploração capitalista.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes