UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 18 de junho de 2024

MLB faz encontro com famílias e elege nova coordenação no Rio de Janeiro

Encontro do MLB reúne mais de 200 famílias no Rio de Janeiro para debater a luta por moradia digna. Atividade aprofundou organização do movimento num dos estados com maiores déficits habitacionais do Brasil.

Coordenação Estadual do MLB – RJ


LUTA POPULAR – No último sábado, 25 de maio, o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) realizou o primeiro encontrão estadual de famílias lutadoras do movimento no Rio de Janeiro. O encontro teve como objetivo aprofundar a relação política com as famílias, renovar a coordenação do movimento e organizar as lutas do próximo período. O evento foi apelidado de “encontrão” porque teve como meta reunir as famílias que se reúnem nos núcleos de base da organização assim como nos núcleos de luta e aliados que constroem o movimento. 

A atividade contou com mais de 200 família, representando a base do movimento, de seis cidades diferentes: Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Belford Roxo, São Pedro da Aldeia, Macaé e Rio das Ostras. Da capital, onde o movimento tem o maior trabalho, participaram famílias das ocupações Vito Giannoti, São Januário e Moisés e dos núcleos espalhados entre o centro e as zonas norte e oeste da cidade.

O encontro do MLB foi aberto por uma mesa de debates com a participação de Mariana Trotta, professora da UFRJ e advogada popular do Núcleo de Assessoria Jurídica Popular Luiza Mahin (NAJUP), Selma Almeida, da Coordenação Nacional do MLB, Gabriel GB, do Partido Comunista Revolucionário, Juliete Pantoja, presidente estadual da Unidade Popular e pré-candidata a prefeitura do Rio e Renan Carvalho, coordenador estadual e nacional do movimento. Durante essa mesa foram feitas saudações de movimentos e parlamentares parceiros, como a Central de Movimentos Populares (CMP), o Movimento Unido dos Camelôs (MUCA) e a vereadora Monica Cunha, entre outros.

Para Renan Carvalho, “O MLB está vivendo um grande momento, de grandes vitórias como a conquista do compromisso de construção de 110 casas para famílias pobres no centro da cidade e a distribuição permanente de cestas básicas, fruto das lutas tocadas nos últimos anos, e temos o desafio de politizar essas conquistas e transformá-las em combustível para mais lutas!”

Na parte da tarde, as famílias se dividiram em três grupos de debates que discutiram as relações da luta da moradia com a luta das mulheres, do povo negro e a importância da construção da Escola Nacional Eliana Silva e do trabalho comunitário. 

Outro destaque do Encontrão foi a creche organizada pelos camaradas da Unidade Popular e da União da Juventude Rebelião, que cuidou de mais de 40 crianças, dando condições às mães e avós de se concentrarem nos debates, sabendo que seus filhos estavam sendo bem cuidados. As crianças participaram da plenária final do encontro e fizeram sua entrada cantando a tradicional palavra de ordem “Viva as Crianças do MLB!”

Na plenária final ocorreu também a exposição dos debates feitos nos grupos e a eleição da nova coordenação do movimento. Foram eleitos 25 companheiros de quatro cidades diferentes, e entre esses estão pais, mães, avós, trabalhadores e trabalhadoras, refletindo a base do movimento. Para Paula Guedes, da coordenação estadual do movimento “As grandes tarefas tiradas nesse encontro só irão ser cumpridas se tivermos um grande time de homens e mulheres de luta que se dediquem todos os dias para a construção e o crescimento deste movimento.”

Finalizado o encontro, as famílias saíram animadas e com a perspectiva de construção de muitas novas lutas, como resumiu Elza Cavalcante, moradora de Duque de Caixas, e reeleita para a coordenação estadual: “Saímos cheios de coisa pra pensar e com mais certeza de que temos que tocar cada vez mais lutas e ocupações!”

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes