UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 24 de abril de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Agrotóxico que aumenta risco de câncer de mama pode ser finalmente proibido no Brasil

Durante o governo Bolsonaro, milhares de substâncias tóxicas e proibidas em dezenas de países foram liberadas para uso comercial no Brasil pelo agronegócio. Algumas...

Embrapa completa 50 anos: camponeses pobres esquecidos e pressão do agronegócio

Em seus mais de 50 anos de história, completados recentemente, e dos seguidos avanços tecnológicos e investimentos consideráveis feitos pela Embrapa ao longo das...

O filme “Agricultura Tamanho Família” e a necessidade de um ambientalismo classista

O filme “Agricultura Tamanho Família” de Silvio Tendler documenta a vida e as relações de trabalho dos camponeses através de uma visão socioambiental e econômica. Lançado em 2014, é o último filme da trilogia “Terra” iniciada com “O veneno está na mesa” partes 1 e 2.

Sobre os erros reformistas na luta camponesa

“O fim, porém, é orientar tanto os camponeses e a classe trabalhadora a lutar por mudanças estruturais, a promover uma ruptura revolucionária ao sistema capitalista.”

Francisco de Assis nos inspira e interpela

Em contexto de violência social, onde o poder religioso encontrava-se em conluio com os poderes econômico e político para assim oprimirem ainda mais os empobrecidos, Francisco de Assis não apenas fez Opção pelos Pobres, mas se tornou um pobre, um “menor” entre os menores.

Centro-oeste em chamas

Bolsonaro não acionou o exército para conter as chamas. Pelo histórico, o exército só serve para ameaçar o Supremo Tribunal Federal (STF) quando ele se sente ameaçado em algum processo político. A necessidade de prevenir danos irreversíveis ao meio ambiente não desperta o mesmo interesse, todavia, reconheçamos o seguinte: ninguém esperava mais desses covardes que ocupam os cargos de presidente da república, ministro do meio-ambiente e governos dos estados.

Camponeses Expulsos por Latifundiários Coronéis

Gilvander Moreira∗ Em Salto da Divisa, na região do Baixo Jequitinhonha, MG, o coronelismo vigorou durante várias décadas até que se construíram as condições históricas...

O massacre de Eldorado dos Carajás: se calarmos, as pedras gritarão

No massacre de Eldorado dos Carajás 19 trabalhadores morreram baleados e mais de 70 ficaram feridos, dos quais dois morreram posteriomente.

Novidades