UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 3 de março de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

A pobreza menstrual e o papel do SUS no Brasil

Apesar da grande vitória com a implementação do projeto de distribuição gratuita de absorventes, os movimentos sociais seguem na luta para garantir que o...

Estudantes e movimentos populares barram a votação de projeto de lei higienista em Campinas

Projeto de Hossri propõe “limpeza” dos espaços públicos de Campinas pela remoção de usuários de substâncias com a finalidade de restabelecer valor econômico das regiões.

Prefeitura de Florianópolis ataca saúde pública e avança privatização

Não contente em vender a cidade para a burguesia, a Prefeitura de Florianópolis utiliza todos os meios possíveis para impulsionar a terceirização e privatização...

Avanços e desafios dos sanitaristas no Brasil após a regulamentação da profissão

Agora, com a regulamentação da profissão, os sanitaristas têm um papel mais definido e reconhecido dentro do sistema de saúde. Este reconhecimento legal é...

Movimentos cobram investimentos na saúde da Prefeitura de Cabo Frio

Movimento de mulheres, trabalhadores da saúde e a Unidade Popular se reúnem com secretário municipal de saúde de Cabo Frio (RJ). Reivindicações incluíram mais...

Funcionários do Hospital Moacyr do Carmo sofrem com atraso nos salários

O Hospital Moacyr do Carmo, administrado pela Prefeitura de Caxias, vem sendo precarizado há anos. Sem concurso público, salários decentes e direitos trabalhistas, é difícil a situação do quadro de funcionário.

Hospitais do RJ registraram 177 casos de estupro em seis anos

Levantamento foi feito pelo Instituto de Segurança Pública. Entre 2015 e 2021, foram registrados ao menos 177 casos de estupro contra vulneráveis em unidades de saúde do Estado.

Falta de equipamentos nos hospitais ameaça profissionais da saúde em SP

Por Ana Laura Alvarez, Mauá-SP. O estado de São Paulo possui, atualmente, segundo os números divulgados até o dia 29/04, 2.247 mortes devido a Covid-19...

Voluntariado na saúde: vitrine do descaso na saúde pública

Por Victor Aicau e Ana Sued Salvador Em meio a pandemia enxergamos nossa população pobre desassistida e com poucas informações que realmente ajudam a entender a...

Se nenhuma ação for efetiva morreremos na linha de frente

A Realidade dos trabalhadores da saúde diante da pandemia do coronavírus Por Priscila Voigt Coordenadora nacional do MLB Presidenta estadual da Unidade Popular no RS RIO GRANDE DO...

Governos relaxam quarentena: lucro acima da vida

Nesta quinta-feira (26), o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, reconheceu que errou ao apoiar a campanha “Milão não para”, lançada há um mês para “combater” o isolamento face à pandemia da Covid-19, causada pelo novo coronavírus. No início da campanha, a região da Lombardia (onde Milão se encontra) tinha 258 infectados pelo vírus, e a Itália registrava então 12 mortes. Hoje, Milão é o epicentro da Covid-19 na Itália: são 32.346 casos confirmados e 4.474 mortes pela doença.

Novidades