TwitterFacebook

Prefeitura multa Movimento de Luta nos Bairros por lutar contra despejos

A multa foi encaminhada como represaria da Prefeitura de São Bernardo do Campo a manifestação que ocorreu dia 12 de agosto; a manifestação denunciava os despejos e reintegrações de posse durante a pandemia.

Redação São Paulo
Jornal A Verdade

SÃO BERNARDO DO CAMPO (SP) – A Prefeitura da cidade notificou hoje (05) uma multa de R$1.700,00 ao Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) por realizar uma manifestação dia 12 de agosto com intuito de denunciar os numerosos despejos e reintegrações de posse durante a pandemia do Covid-19.

A prefeitura alega com a multa que “o movimento trancou a via”, entretanto o registro feito pelo Jornal A Verdade durante a cobertura da manifestação não mostrou nenhuma obstrução completa, pelo contrário: o movimento estava organizado e pacífico.

Além da atual multa, durante a manifestação em agosto, os militantes e representantes do movimento foram agredidos pela guarda-civil.

O movimento continuou denunciando a prefeitura: “hoje, no Dia Internacional da Moradia, uma data importante de mobilizações e lutas por todo país, o MLB foi notificado com uma multa emitida pela Prefeitura de São Bernardo do Campo, entregue ao motorista do carro de som que acompanhou o ato organizado pelo Movimento no último dia 12 de agosto. Um ato democrático e pacifico por parte do movimento que fazia parte da agenda nacional da “Campanha Despejo Zero”.

A multa, emitida pela Prefeitura de Orlando Morando (PSDB), cobra do Movimento um valor de R$1.700,00 alegando trancamento de via, o que não é verdade. Como mostra a própria cobertura do Jornal A Verdade, o ato não bloqueou nenhuma via, estando em caminhada durante todo a sua duração e ocupando somente uma, das três faixas da Avenida, permitindo que os carros transitassem normalmente nas duas demais vias. Na verdade, o que essa multa representa é uma clara perseguição da Prefeitura ao MLB e às famílias que se organizam para lutar pelo direto humano à moradia. Orlando Morando censura o movimento e suas famílias quando, através de uma multa, tenta penalizar as mobilizações populares democráticas e o direito de livre manifestação previsto em lei, demostrando mais uma vez o seu caráter anti-povo.

O MLB não vai aceitar mais essa repressão por parte da Prefeitura de São Bernardo e hoje mesmo entrou com um recurso para suspensão dessa multa absurda, denunciando a postura violenta de Olrando Morando contra as famílias pobres: ‘Manifestar-se é um direito e vamos exigi-lo! Não vão nos calar! Seguimos em luta!’”, finalizou o movimento.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor
enclosure:
https://averdade.org.br/novo/wp-content/uploads/2020/10/Vídeo-01-MULTA-AO-MLB.mp4 24106637 video/mp4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações