UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 23 de julho de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Prefeitura de São Bernardo do Campo aumenta a tarifa de ônibus mais cara de SP

Segundo o Diário Oficial do Município, o aumento se deu “em razão da constatação de aumento nas despesas que compõem os principais insumos relativos aos custos operacionais desse serviço público essencial”

Prefeitura de São Bernardo do Campo precariza saúde pública

O caos na rede de saúde de São Bernardo tem piorado a vida da população mais pobre, agravando ainda mais as condições de trabalho dos profissionais da saúde e assistência social

Movimento Olga Benario organiza ato junto às mães contra fechamento de creche em São Bernardo do Campo

Mães do bairro Divinéia, periferia de São Bernardo do Campo, lutam junto ao Movimento Olga Benario contra fechamento de creche pública que assiste dezenas de famílias

Nasce a ocupação de mulheres Cleone Santos em São Bernardo do Campo

A Ocupação Cleone Santos surge em meio a uma realidade desafiadora, já que o governo da cidade é liderado pelo prefeito fascista Orlando Morando (PSDB).

Prefeitura gasta milhões com propaganda enquanto povo passa fome em São Bernardo

A Administração do Prefeito Orlando Morando (PSDB) na cidade de São Bernardo do Campo vai gastar R$ 137,5 milhões no novo contrato de propaganda oficial do município. Esse é o valor ao qual pode chegar o contrato de 5 anos com a empresa que vencer a licitação milionária, marcada para ser fechada no dia 8 de abril de 2021. O intuito é claro, promover a imagem pessoal e da gestão do atual Prefeito.

Ocupação Padre Leo Comissari luta contra despejo ilegal

Na madrugada do dia 21 de novembro de 2020, cerca de 200 famílias organizadas pelo Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) ocuparam um terreno abandonado há mais de 20 anos na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, e a nomearam com o nome de Padre Leo Comissari, em homenagem ao famoso padre que durante anos construiu um grande trabalho de organização e assistência às famílias carentes da cidade, sempre defendendo o direito à terra e ao trabalho para viver com dignidade.

Fechamento da Ford: corte de direitos não gera empregos

“Quando a burguesia avalia que há possibilidades maiores de lucro em outros países, mudam-se sem qualquer compromisso com os trabalhadores, deixando milhares de desempregados e famílias desassistidas.”

Prefeitura e vereadores reduzem salário dos servidores em São Bernardo do Campo

“Diversos especialistas, órgãos como o Conselho Tutelar e movimentos da sociedade civil têm criticado a medida, que viola a Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Estatuto da Juventude.”

Câmara Muncipal e Orlando Morando são responsáveis pela extinção da Fundação Criança

Além de extinção da Fundação Criança, Câmara Municipal e Prefeito de São Bernardo do Campo são responsáveis por ataque ao funcionalismo público.

Subinspetor da GCM de São Bernardo do Campo defende supremacia branca

“Nos vídeos que estão circulando nas redes sociais, é possível ver o servidor cometendo diversos crimes, dentre eles lesão corporal, ameaça e abuso de poder. No entanto, até então não tinha vindo à tona que o sub inspetor da GCM de São Bernardo defende abertamente a supremacia branca.”

Prefeitura multa Movimento de Luta nos Bairros por lutar contra despejos

A multa foi encaminhada como represaria da Prefeitura de São Bernardo do Campo a manifestação que ocorreu dia 12 de agosto; a manifestação denunciava os despejos e reintegrações de posse durante a pandemia.

Novidades