TwitterFacebook

Senadores dos EUA pedem fim do bloqueio a Cuba

SOLIDARIEDADE. Ato em Brasília denuncia o criminoso bloqueio econômico a Cuba, em 2019 (Foto: JAV/DF)

Documento pedindo a aprovação do Projeto de Lei será entregue nas embaixadas e consulados dos EUA em toda a América Latina nesta semana.

Por Heron Barroso | Redação Rio
Com informações da Associação Cultural José Martí do Rio de Janeiro


INTERNACIONAL – O império estadunidense impõe um criminoso bloqueio a Cuba há mais de 60 anos. São atos e medidas de hostilidade no intento de colocar a Revolução Cubana de joelhos. Apenas no governo Trump foram expedidas 240 medidas contra a Ilha.

Com o fim do governo do bilionário Trump, ganhou novo fôlego o movimento dentro dos Estados Unidos para revogar as medidas anti-Cuba. Recentemente, quatro senadores do Partido Democrata, do presidente Joe Biden, formalizaram um Projeto de Lei que determina o fim do bloqueio a Cuba.

Em sua justificativa, os senadores Ronald Wyden, Patrick Leahy, Richard Durbin e Jeff Merkley afirmam que “o Congresso [dos EUA] tem uma obrigação moral e econômica para com o povo estadunidense de melhorar as relações entre os Estados Unidos e Cuba”.

Solidariedade internacional

Para fortalecer essa iniciativa, o Movimento de Solidariedade a Cuba na América Latina e Caribe entregará esta semana carta às embaixadas e consulados dos EUA endereçada ao presidente Biden e aos congressistas norte-americanos expondo a necessidade de por abaixo o bloqueio a Cuba e normalizar as relações entre os dois países.

Na carta, o movimento afirma que “em meio à devastação causada pela pandemia de Covid-19, é imperativo o levantamento da multifacetada guerra econômica, financeira e comercial contra o povo irmão de Cuba. São seis décadas de horror, que apesar de seus diferentes e perversos refinamentos, não conseguiu dobrar a determinação inabalável de seu povo, o que tem causado danos em seu desenvolvimento e perdas de vidas humanas por ações terroristas organizadas por grupos mercenários com base em Miami”.

Em Brasília, o documento será entregue nesta quinta-feira (18/02), às 10h, na Embaixada dos Estados Unidos, e no Rio de Janeiro, às 11h, no Consulado, localizado no Centro da capital carioca.

Confira a íntegra do documento: Mensagem aberta ao Presidente Joseph Biden

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
block-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações