UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 25 de junho de 2024

Movimento Correnteza cria iniciativa esportiva na USP

Movimento Correnteza criou coletivo com o objetivo de incentivar a prática de atividade desportiva e promover coletivamente a discussão sobre esporte entre sua militância na Universidade de São Paulo (USP).

Daniel Lustosa


JUVENTUDE – Foi fundado pelo Movimento Correnteza um coletivo cujo objetivo principal é o de incentivar a prática de atividade desportiva entre sua militância na Universidade de São Paulo. Criado ao final de 2022, a iniciativa atua no estímulo à realização de alongamentos cotidianos além de reuniões que promovam o debate político a respeito do esporte e saúde e sobre a importância de praticarmos exercícios físicos.

Sabemos hoje que a prática de atividades físicas é essencial para todos nós, tendo benefícios tanto para nossa saúde física quanto mental. Quando se trata da juventude isso se torna ainda mais importante.

A prática consistente de atividades físicas e esportivas desde a infância e adolescência são fundamentais para formação de um adulto que possua hábitos mais saudáveis. Nesse sentido, o incentivo a tais práticas feito por organizações de juventude como o Movimento Correnteza passa a assumir papel central.

Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), atividades físicas, quando realizadas de maneira regular e desde a juventude, se relacionam a uma redução da incidência de doenças crônicas e problemas cardiovasculares. Além de também poderem ser utilizados para amenizar sintomas de depressão, ansiedade e estresse.

Além disso, coletivos como este podem ter um papel importante para nossa relação com as massas estudantis. Isso se dá no sentido de disputar a consciência de estudantes que participam de organizações desportivas e tem interesse por essa área, bem como também em relação aos que não praticam exercícios físicos, assim os incentivando à sua prática em sua juventude.

Para todos nós fica claro que no sistema capitalista o acesso ao esporte e ao lazer não é garantido à toda população. Enquanto os grandes ricos possuem acesso a clubes com toda variedade de quadras, piscinas etc., a juventude pobre e trabalhadora possui menos tempo e recursos para se dedicar a isso.

A importância de um núcleo desportivo também está no apoio que coletivamente podemos dar e assim consigamos manter frequente a prática de exercícios e esportes.

Com o crescimento do nosso movimento, novas ações de qualidade se tornam possíveis. É preciso aproveitar tais oportunidades com criatividade e aprofundar nossa relação com a juventude, seja nas universidades ou fora delas.

A iniciativa na USP é um exemplo do que pode ser feito, portanto caberá a nós seguir inovando e construindo cada vez mais ações que contribuam para esse avanço!

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes