UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 15 de julho de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Clara Zetkin e a luta pelo socialismo

“Zetkin considerava essa tarefa a mais primordial das feministas socialistas e teve grande participação na campanha de sindicalização das operárias, parcela que representava mais da metade da mão de obra industrial da Alemanha, sem a qual não se poderia pensar uma nova sociedade.”

Greve de 56 dias derrota Reforma da Previdência na França

A luta dos trabalhadores franceses deve servir de exemplo para toda a classe de que a luta é o único caminho para barrar os ataques aos direitos sociais promovidos pelos governos capitalistas.

Carta | A nossa água de cada dia

Carta anexada à página 08 da edição 224 impressa do Jornal A Verdade.

Famílias despejadas se mantêm unidas em Salvador

Por toda a Bahia, temos muitos prédios abandonados, que, se ocupados, seriam suficientes para resolver a falta de moradia no Estado.

A autossustentação material: uma das bases da revolução

Compreendendo a atividade de finanças como uma tarefa essencial para a revolução, pensando e aplicando com disciplina os planos tirados, seremos capazes de ir cada vez mais longe na organização e na luta, propagandeando o poder popular e o socialismo em todos os cantos do Brasil.

Intolerância do MEC é derrotada no IFBA

A posse de Luzia Mota na reitoria representa a vitória da democracia e o fim um período sombrio no Instituto Federal da Bahia.

O funil da educação e a balbúrdia no MEC

Falha no sistema só revela a fraqueza na lógica de afunilamento ao acesso do ensino superior público brasileiro.

Nada a temer depois que este trem começa a andar¹

Breve histórico da categoria ferroviária em São Paulo.

Professores gaúchos lutam contra as arbitrariedades do Governo

O governador Eduardo Leite determinou o corte no ponto dos professores grevistas ainda em 22 de novembro. O sindicato buscou na Justiça decisão contrária, mas teve a liminar negada.

Oi ordena demissões para garantir lucro

Está provado com esse exemplo que não são os direitos dos trabalhadores que causam desemprego, mas a ganância patronal dos fundos de investimentos, verdadeiros parasitas.

Luiz Máximo: “O capitalismo não traz saída para o povo”

Neste ano, das 13 escolas de samba do Rio de Janeiro, dez levarão para a passarela críticas ao governo da exclusão social, do preconceito racial, religioso e de gênero.

Novidades