UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 23 de julho de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Poesia | Promessa de Luta

Unidade Popular / É a nossa bandeira / E alguns dos nossos / Já estão com ela em mãos / E muitos outros ainda / A segurarão.

As filas da fome no Rio de Janeiro

Basta passar pela Central do Brasil e na Igreja São Jorge, ao lado do Campo do Santana, na hora do almoço, ou na esquina do Edisen, prédio da Petrobrás, no fim do dia, para vermos legiões de famintos em busca de uma refeição.

Câmara aprova que empresas furem a fila na compra de vacinas

Carolina Matos  SÃO PAULO - A Câmara dos Deputados Federais aprovou nesta terça-feira (6) o texto-base do PL  948/21, que  altera a redação da lei...

Falta comida para mais da metade dos brasileiros

Segundo pesquisa de dezembro de 2020 da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), mais da metade dos brasileiros e brasileiras, 116,8 milhões de pessoas, não tem acesso suficiente à comida, se alimentando em quantidade e/ou qualidade insuficiente.

Cortes no IBGE ameaçam 204 mil empregos e realização do Censo 2021

O cancelamento do Censo atende aos interesses do governo Bolsonaro e de seu ministro da Economia, o banqueiro Paulo Guedes. Com a crise econômica se aprofundando e o desemprego batendo recordes , tudo que o governo quer é mascarar essa realidade e impedir que os trabalhadores percebam o buraco sem fundo no qual o ex-capitão colocou o país.

Garis realizam ato no Rio de Janeiro por vacina e contra reforma administrativa

Apesar de realizarem um serviço essencial à população e continuarem, mesmo com a pandemia, nas ruas se expondo ao vírus e lidando com lixo contaminado, os trabalhadores da limpeza urbana do Rio de Janeiro não foram inseridos no grupo prioritário de vacinação. 

Petrobras anuncia aumento de 39% no preço do gás natural

O aumento é consequência da impossível política de preços da companhia, que expõe o país às flutuações do preço do petróleo no mercado internacional, à taxa de câmbio (valorização do dólar) e à inflação, levando as famílias pobres a ter que escolher entre comprar o botijão de gás ou a comida.

Pandemia leva mais 745 mil pessoas à pobreza no Rio de Janeiro

Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), um a cada nove fluminenses são obrigados a sobreviver com apenas R$246 mensais. Estado é o mais desigual e o quarto com o maior número de desempregados do país.

Falta de moradia, pandemia e “fique em casa”

“Mesmo diante de todas as leis se verifica que diante do conflito entre capital e social, entre propriedade e moradia, entre direitos humanos e lucro, entre saúde e economia, os poderes executivo, legislativo e judiciário.”

Camarada Braz: presente!

Apesar de ter vencido tantas lutas e batalhas, ser um verdadeiro herói de guerra, Braz Teixeira da Cruz faleceu nesta madrugada (5) de Covid-19....

Chega de comemorar mortes: a importância da luta por memória e verdade hoje

Tanto na ditadura militar, quanto na atual pandemia, o que se observa é o sacrifício da vida do povo em prol da manutenção do capitalismo. Rememorar os crimes que a ditadura cometeu é fundamental para compreendermos e articularmos as lutas no tempo presente. E o mesmo vale para os dias de hoje: as milhares de mortes (que poderiam ser evitadas) precisam ser devidamente responsabilizadas.

Novidades