UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 26 de maio de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Orgulho Trans e Comunista

Para a emancipação das pessoas trans, é fundamental destruir o sistema atual que nos oprime, é preciso extirpar a propriedade privada, alicerce da construção binária de gênero e do modo de produção capitalista.

Novas leis antitrans atacam população já profundamente violentada

Desde o início desse ano, ao menos 69 projetos de leis antitrans foram apresentadas nos municípios, estados e na federação brasileira. A maioria empurrada...

Visibilidade Lésbica e a Luta Contra o Capitalismo

O sistema capitalista molda não só o que é ser mulher, mas também com quem ela deve se relacionar.

Pastor Valadão incentiva assassinato de pessoas LGBTIA+

Pastor evangélico André Valadão incentivou seus fiéis ao assassinato de pessoas LGBTIAPN+

Escola Paulista de Medicina elege primeiro diretor LGBT e nordestino

A vitória do professor LGBT e nordestino, Magnus Dias, fundador do Núcleo Trans da Unifesp, representa novos ares para a EPM.

Coletivo LGBTIA+ de Franca sofre com o descaso da Prefeitura

Após três edições bem-sucedidas do evento “Bloco das POC” o coletivo procurou novamente a prefeitura e encontrou as portas fechadas.

Deputado bolsonarista ocasiona fechamento do Museu da Diversidade Sexual em SP

O Museu que completaria 10 anos desde sua fundação, e funcionava como um Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual do Estado...

Xica Manicongo: a primeira travesti do Brasil foi negra

Condenada à pena de ser queimada viva em praça pública e ter seus descendentes desonrados até a terceira geração pela Igreja racista e travestifóbica, Xica teve de abrir mão de quem era para ter o direito de viver – uma dor que ainda hoje se repete no país que mais mata pessoas travestis e trans no mundo.

Por um Movimento LGBTIA+ Revolucionário

 Bento Xavier e Marcelo Pavão SÃO PAULO - A luta da comunidade LGBTIA+, historicamente, organizou-se e ganhou maior notoriedade e robustez no século XX. Em...

O que pessoas trans têm a ver com pobreza menstrual?

O acesso pleno à saúde é um direito humano básico universal e, para garanti-lo, é necessário que essas pessoas sejam tratadas com respeito e dignidade em todos os âmbitos médicos, inclusive, no ginecológico

A importância da luta lésbica e o poder popular

Agosto foi marcado por duas datas significativas pro movimento lésbico brasileiro: o Dia Nacional de Resistência Lésbica (19) e o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica (29), fazendo do mês um momento de atentar para as pautas próprias deste grupo da comunidade LGBT e relembrar as lutas construídas até hoje.

Novidades