UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 24 de julho de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Israel ataca escola da ONU e mata ao menos 40 pessoas

Na última quarta-feira (5), Israel realizou mais um crime de guerra, ao bombardear uma escola da ONU que abrigava 6 mil refugiados em Gaza....

Contra interferência do governo nos grêmios, estudantes refundam entidade histórica em Alagoas

União Secundarista dos Estudantes de Alagoas é refundada e enfrenta tentativa do governo alagoano de interferir na organização dos grêmios estudantis. Patrik Lira | Maceió JUVENTUDE...

Falta de cobertura de creches e precariedade na educação infantil em Pernambuco

TCE-PE fiscaliza 2.500 unidades de educação infantil em Pernambuco e constata déficit de vagas, problemas estruturais e pedagógicos e desigualdade entre redes pública e...

A importância do grêmio estudantil para a luta secundarista

É na escola onde os estudantes passam a maior parte de seu tempo, logo, além de conhecer bem os problemas desse espaço, eles também...

Cultura Inglesa ataca seus trabalhadores com demissão em massa

A premiada escola de idiomas ataca seus trabalhadores com demissão em massa, superexploração e descaso.

Em assembleia lotada, educadores do RJ aprovam continuidade da greve

Greve da rede estadual de educação do RJ continua após assembleia massiva. Educadores defendem valorização profissional e respeito por parte do governo do fascista...

A construção do Grêmio Estudantil Edson Luís

Com o apoio da ARES-ABC, os alunos construíram um espaço escolar justo e saudável, combatendo as opressões e realizando atividades que promovam, inclusive, o lazer.

Estudantes denunciam assédio em escola cívico-militar, em Florianópolis.

Patrícia Egerland e Amanda Wenceslau, Florianópolis BRASIL - Em Florianópolis, estudantes da Escola de Ensino Básico Ildefonso Linhares denunciam casos de assédio contra crianças e...

Escola Sesc demite 33 professores no Rio de Janeiro

Ao todo, 33 professores foram demitidos da Instituição Sesc de Ensino Médio. Estudantes e docentes denunciam a situação como um projeto para desmontar a...

Prefeitura do Rio quer vender escola para construir apartamentos de luxo

Karol Lima | Redação Rio EDUCAÇÃO - No dia 30 de abril, a Prefeitura do Rio de Janeiro enviou à Câmara dos Vereadores uma lista...

A volta das aulas presenciais é uma farsa

Há três grupos diferentes de estudantes: o que está sendo atendido presencialmente em sistema de rodízio, o que acessa as atividades postadas no ambiente virtual e o terceiro, que faz atividades nos livros ou impressas pela escola. Dessa forma os trabalhadores da educação precisam se desdobrar para dar conta de tantas tarefas novas, mas, apesar de todo o esforço empenhado, não é possível que tudo seja feito como deveria, já que o quadro de funcionários diminuiu devido aos afastamentos e não houve novas contratações, ainda que as atividades tenham aumentado.

Novidades