UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Movimentos populares constroem comitê contra a privatização da SABESP e pela libertação de Lucas e Hendryll

Na última sexta-feira (08), movimentos populares e partidos políticos de esquerda se reuniram no SINTAEMA e decidiram pela criação de comitê contra a privatização da Sabesp e pela liberdade do professor Lucas e do estudante Hendryll. Ato foi convocado para dia 13/12, quarta-feira, no MASP

Unidade Popular SP


ÚLTIMAS NOTÍCIAS – A luta contra privatização da SABESP (Companhia de Saneamento de Água e Esgoto de São Paulo) tem sido uma luta em defesa da democracia. A população do Estado de São Paulo é contra as privatizações como aponta a pesquisa da Data Folha que mostrou 53% da população contra a privatização da água. O PL 1.501/23, aprovado essa semana de forma criminosa e antidemocrática, não ouviu a voz do povo passou por cima da proposta de realização do plebiscito sobre o tema, onde a população poderia ter sua voz ouvida.

No último período foram feitas greves unificadas de diversas categorias, metroviários, ferroviários a dos dias 03 de outubro e 28 de novembro, que levou ao ato na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) que violentou 240 pessoas no plenário e centenas de pessoas do lado de fora.

O ato terminou com mais de 30 pessoas feridas, 4 pessoas com pontos na cabeça e 4 presos políticos.

Em vez de cancelar a sessão da Assembleia, como seria o esperado, o Presidente retomou a votação e aprovou o projeto que autoriza a privatização sem os deputados da oposição no plenário, em clima de pancadaria e em ambiente similar a uma câmara de gás.

Solidariedade contra as prisões de Hendryll e Lucas

Na última sexta-feira (08), aconteceu reunião no Sindicato dos trabalhadores em água, esgoto e meio ambiente do estado de São Paulo (SINTAEMA) com a presença da UEE (União Estadual dos Estudantes), PSOL, UP, PCB, mandatos da deputada Mônica Seixas e Mauríci, JPL, Movimento Rua, Juntos!, UJS. Nesta reunião foi decidida pela criação do Comitê de luta contra a privatização da água e pela libertação do professor Lucas e do estudante Hendryll.

Não é possível separar a luta contra a Privatização da Sabesp da luta pela libertação do estudante Hendryll e do professor Lucas. Eles, juntos à Vivian e Senese, foram presos por que lutam justamente contra a criminosa e antidemocrática privatização da SABESP, da nossa água e do saneamento.

A intenção dos que autorizaram tamanha repressão é criminalizar as lutas populares, impor medo à quem luta e tentar impedir a luta contra a privatização da SABESP. A responsabilidade de toda esta violência é da organização criminosa chefiada pelo governador fascista Tarcisio de Freitas.

Porque querem privatizar a SABESP? Para entregá-la nas mãos de monopólios internacionais ligados ao imperialismo, como tradicionalmente é feito com empresas similares que foram privatizadas.

Vivian Mendes, presidenta da UP e Ricardo Senese metroviario já estão enfrentando uma “condenação” ilegal, ao estarem em Liberdade Condicional. Mas os vários deputados que votaram pela privatização, passando por cima da vontade popular, apoiadores da tentativa de golpe de estado do dia 8 de Janeiro em Brasília, permanecem impunes.

Nossa luta segue pela liberdade de Hendryl e Lucas pela anulação de todo o processo criminilazante e ilegal e pela punição dos agentes públicos responsáveis por tamanha repressão. Isso só nos mostra como é necessário a desmilitarização da PM, pois agentes públicos são pagos pelo Estado para reprimir seu próprio povo.

Um acampamento foi erguido em frente ao CDP2 (Centro de detenção Provisória) de Guarulhos pela liberdade dos presos.

A luta realizada na ALESP foi vitorisosa pois colocou a pauta de defesa da SABESP em debate público nacional. Para a vitória, é necessário desenvolvermos uma grande unidade das forças populares e de esquerda em mobilização permanente do povo.

Pela liberdade de Hendryll e Lucas! Não à privatização da SABESP! Plebiscito já!

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes